RSS

Arquivo mensal: janeiro 2010

Sinais de que você não é mais um jovenzinho….

Os sinais de que você não é mais um jovenzinho aparecem quando…

  • Fazer sexo em cama de solteiro é um absurdo;
  • Há mais comida do que cerveja na sua geladeira;
  • 6:00 da manhã é quando vc acorda e ñ quando vai dormir;
  • Vc carrega um guarda-chuva e dá a maior importância para a previsão do tempo;
  • Seus amigos se casam e divorciam, ao invés de ficarem e terminarem;
  • Suas férias caem de 130 para 15 dias por ano;
  • Calça jeans e camiseta já ñ são mais vestimentas;
  • É vc quem chama a policia porque a mulecada do vizinho ñ quer abaixar o som;
  • Dormir no sofá te dá a maior dor nas costas;
  • Vc ñ tira mais aquele cochilo do meio-dia até as 6 da tarde durante a semana;
  • Vc vai a farmácia para comprar aspirina e anti ácido ao invés de camisinha;
  • Em mais de 90% do tempo que vc passa em frente ao computador vc está realmente trabalhando;
  • Vc diz… Parece que foi ontem que eu tinha 15 anos;
  • Vc ñ tem mais diário, mal e porcamente tem agenda (as vezes um caderninho) com compromissos chatos profissionais e contas a pagar;
  • Acabou mordamia de receber mesada para ir a festinhas e cinema, agora vc recebe seu salário e vai pra fila da lotérica pagar contas;
  • Vc precisa se preocupar em comprar papel higiênico e sabão em pó;
  • Vc reza pra chegar o sábado e poder dormir até mais tarde.
 
Deixe um comentário

Publicado por em 31/01/2010 em Sem categoria

 

Tags:

Lição de moral

Lição #1:

Um urubu está pousado numa árvore, fazendo nada o dia todo. Um coelho viu o urubu e perguntou:
– Posso sentar como você e ficar fazendo nada o dia todo?
O urubu respondeu:
– Claro, por que não?
Assim, o coelho sentou-se embaixo da árvore e ficou descansando. Subitamente apareceu uma raposa que saltou sobre o coelho e o comeu…
MORAL DA HISTÓRIA: Para ficar sentado sem fazer nada, você precisa estar sentado muito, muito alto.

Lição #2:

O peru estava batendo papo com o touro.
– “Eu adoraria ser capaz de chegar ao topo daquela árvore”, suspirou o peru, “mas não tenho força…”
– “Ora,” replicou o touro, “por que você não come um pouco do meu esterco? Ele tem muitos nutrientes”.
O peru bicou um pedaço de esterco e verificou que realmente isso lhe dava a força necessária para chegar ao primeiro galho de árvore. No dia seguinte, depois de comer mais uns bons nacos de esterco, ele chegou ao segundo galho. Finalmente depois de duas semanas, comendo esterco de boi, de búfalo, das zebras, ele estava orgulhosamente empoleirado no alto da árvore. Imediatamente foi visto por um fazendeiro que atirou nele…
MORAL DA HISTÓRIA: Qualquer bosta pode levar você ao topo, mas não manterá você lá.

Lição #3:

Quando o corpo foi criado, todas as partes queriam ser chefe. O cérebro foi logo dizendo:
– Eu deveria ser o chefe, porque controlo todas as respostas e funções do corpo.
Os pés disseram:
– Nós deveríamos ser o chefe, porque carregamos cérebro para onde ele quiser ir.
As mãos disseram:
– Nós é que deveríamos ser o chefe, porque fazemos todo trabalho e ganhamos o dinheiro.
E assim foi com o coração, pulmões, olhos, até que chegou a vez de o cu falar. Todas as partes riram do cu por querer ser o chefe. E foi daí que ele entrou em greve, bloqueou-se e recusou-se a trabalhar..
Em pouco tempo os olhos ficaram vesgos, as mãos crisparam, os pés se retorceram, o coração e os pulmões entraram em pânico e o cérebro teve febre. No final todos, concordaram, e o cu passou a ser o chefe. Todas as outras partes, então, faziam seu trabalho, e o chefe ficava sentado e deixava a merda passar!
MORAL DA HISTÓRIA: Você não precisa de cérebro para poder ser um chefe; qualquer cuzão pode ser.

Lição #4:

Era uma vez um pardal cansado da vida…. Um dia, resolveu sair voando pelo mundo em busca de aventura. Voou até chegar numa região extremamente fria e foi ficando gelado até não poder mais voar e caiu na neve. Uma vaca, vendo o pobre pardal naquela situação, resolveu ajudá-lo e cagou em cima dele. Ao sentir-se aquecido e confortável, o pardal começou a cantar. Um gato ouviu o seu canto e foi até lá, retirou-o da merda e o comeu….
MORAL DA HISTÓRIA:
  1. Nem sempre aquele que caga em cima de você é seu inimigo;
  2. Nem sempre quem tira você da merda é seu amigo;
  3. Desde que você se sinta quente e confortável, mesmo que esteja na merda, conserve seu bico fechado!!!
 
Deixe um comentário

Publicado por em 31/01/2010 em Sem categoria

 

Tags:

11 expressões….

VERSÃO FEMININA

1 – “Certo”: Esta é a palavra que as mulheres usam para encerrar uma discussão quando elas estão certas e você precisa se calar.

2 – “5 minutos”: Se ela está se arrumando significa meia hora. “5 minutos” só são cinco minutos se esse for o prazo que ela te deu para ver o futebol antes de ajudar nas tarefas domésticas.

3 – “Nada”: Esta é a calmaria antes da tempestade. Significa que ALGO está acontecendo e que você deve ficar atento. Discussões que começam em “Nada” normalmente terminam em “Certo”.

4 – “Você que sabe”: É um desafio, não uma permissão. Ela está te desafiando, e nessa hora você tem que saber o que ela quer… e não diga que também não sabe!

5 – Suspiro ALTO: Não é realmente uma palavra, é uma declaração não-verbal que freqüentemente confunde os homens. Um suspiro alto significa que ela pensa que você é um idiota e que ela está imaginando porque ela está perdendo tempo parada ali discutindo com você sobre “Nada”.

6 – “Tudo bem”: Uma das mais perigosas expressões ditas por uma mulher. “Tudo bem” significa que ela quer pensar muito bem antes de decidir como e quando você vai pagar por sua mancada.

7 – “Obrigada”: Uma mulher está agradecendo, não questione, nem desmaie. Apenas diga “por nada”. (Uma colocação pessoal: é verdade, a menos que ela diga “MUITO obrigada” – isso é PURO SARCASMO e ela não está agradecendo por coisa nenhuma. Nesse caso, NÃO diga “por nada”. Isso apenas provocará o “Esquece”).

8 – “Esquece”: É uma mulher dizendo “FODA-SE !!”

9 – “Deixa pra lá, EU resolvo”: Outra expressão perigosa, significando que uma mulher disse várias vezes para um homem fazer algo, mas agora está fazendo ela mesma. Isso resultará no homem perguntando “o que aconteceu?”. Para a resposta da mulher, consulte o item 3.

10 – “Precisamos conversar!”: Fodeu!!!, você está a 30 segundos de levar um pé na bunda.

11 – “Sabe, eu estive pensando…”: Esta expressão até parece inofensiva, mas usualmente precede os Quatro Cavaleiros do Apocalipse….

VERSÃO MASCULINA

1 – “Certo”: ok, eu concordo

2 – “5 minutos”: Já estou quase pronto, ou já estou terminando.

3 – “Nada”: ausência de algo.

4 – “Você que sabe”: Você pode decidir sozinha. Está tudo bem o que você decidir.

5 – Suspiro ALTO: Não suspiramos alto. Simplesmente dizemos.

6 – “Tudo bem”: Nada de mal aconteceu.

7 – “Obrigado”: Estou agradecido por algo. MUITO obrigado = estou muito agradecido

8 – “Esquece”: Não precisa ficar pensando nisso.

9 – “Deixa pra lá, EU  resolvo”: Ok, posso fazer isso.

10 – “Precisamos conversar:  Raramente dizemos isso, essa é uma frase que soa ameaça, mas se por acaso acontecer isso, é porque há algo a ser resolvido pelos dois.

11 – “Sabe, eu estive pensando…”: quero compartilhar algo com você.

Simples né?

 
Deixe um comentário

Publicado por em 28/01/2010 em Sem categoria

 

Tags:

Quem é o mais louco?

 
Deixe um comentário

Publicado por em 28/01/2010 em Sem categoria

 

Tags:

Os Derrames Cerebrais

Agora existe um 4º indicador : A língua
Derrame: memorize as três primeiras letras…S.T.R.

Disse um neurologista que se levarem uma vítima de derrame dentro das primeiras três horas, ele pode reverter os efeitos do derrame -totalmente. Ele disse que o segredo é reconhecer o derrame, diagnosticá-lo e receber o tratamento médico correspondente, dentro das três horas seguintes, o que é difícil.

RECONHECENDO UM DERRAME

Muitas vezes, os sintomas de um derrame são difíceis de identificar. Infelizmente, nossa falta de atenção, torna-se desastrosa. A vítima do derrame pode sofrer severa consequência cerebral quando as pessoas que o presenciaram falham em reconhecer os sintomas de um derrame.

Agora, os médicos dizem que uma testemunha qualquer pode reconhecer um derrame fazendo à vítima estas três simples preguntas:

S* (Smile) Peça-lhe que SORRIA.
T* (Talk) Peça-lhe que FALE ou APENAS DIGA UMA FRASE SIMPLES. (com coerência)
(ex : Hoje o dia está ensolarado)
R* (Rise your arms) Peça-lhe que levante AMBOS OS BRAÇOS.

Se ele ou ela têm algum problema em realizar QUALQUER destas tarefas, chame a emergência imediatamente e descreva-lhe os sintomas, ou vão rápido à clínica ou hospital.

Novo Sinal de derrame – Ponha a língua fora.

NOTA: Outro sinal de derrame é este:
Peça à pessoa que ponha a língua para fora.. Se a língua estiver torcida e sair por um lado ou por outro, é também sinal de derrame.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 26/01/2010 em Sem categoria

 

Chupetas

 
Deixe um comentário

Publicado por em 26/01/2010 em Sopa de Tudão

 

Saudosa Dercy – que a quase tudo conheceu


Dercy Gonçalves, a mulher que:

viu duas guerras mundiais…

viu oito papas…

viu os japoneses chegarem ao Brasil…

viu o Titanic afundar…

viu o Hindenburg pegar fogo…

presenciou a invençăo da computador
presenciou a invençăo do celular

acompanhou a invençăo da televisăo

viu o homem chegar à Lua…

viu 35 presidentes da República…

viu o futebol nascer…

Maaaasssss…


Nunca viu o Corinthians ser campeăo da Libertadores!

 
Deixe um comentário

Publicado por em 25/01/2010 em Sem categoria

 

Tags:

 
%d blogueiros gostam disto: