RSS

Arquivo da tag: mãe

On cê vai

Havia um rapaz cujo irmão era meio tantã. Certo dia, ele estava se arrumando para sair com a namorada quando o irmão biruta pergunta: –
On cê vai?
– Vou sair com minha garota.
– Vô cocê!
– Não vai não!
E a mãe, com aquele enorme zelo pelo filho doente: – Vai levar o seu irmão sim, ele precisa de atenção.
O irmão levou-o para o encontro.
Chegando lá, conversa vai, conversa vem, ele começa a beijar a namorada quando o irmãozinho diz:
– Qué também!
– Quer o quê? Beijar minha namorada? Nem pensar…!
E a moça, com pena: – Não tem problema amor, é só um beijinho, ele é doente…!
E o louquinho lasca um beijo na namorada do irmão.
No outro dia: – On cê vai?
– Dar uma volta com minha namorada.
– Vô cocê!
– Não, hoje não!
E a mãe: – Ah, meu filho, leva seu irmão, ele é doente…!
Então o irmão, impaciente, leva-o para sair de novo.
E no meio da bagunça, o louco vê seu irmão bolinando os seios da namorada.
– Qué fazê também!
– Nem pensar! Não, não e não!
E a namorada: – Só um pouquinho, meu bem, ele é doentinho…!
E o louco mete as mãos no seio da moça.
No outro dia, enfurecido, o irmão se arruma para sair com a namorada,quando: – On cê vai?
– Vou dar o rabo!
– Demora não, tá?

 
Deixe um comentário

Publicado por em 02/09/2011 em Humor, Sopa de Tudão

 

Tags: , , , , ,

Tchau Mamãe

Estava fazendo compras no supermercado e uma velhinha me seguia pelas gôndolas, sempre sorrindo.
Eu parava para pegar algum produto, ela parava e sorria: uma graça a velhinha!
Já na fila do caixa, ela estava na minha frente com seu carrinho abarrotado, sorrindo:

– Espero não tê-lo incomodado, mas você se parece muito com meu falecido filho…
Com um nó na garganta, respondi não haver problema, tudo estava bem.
– Posso lhe pedir algo incomum? disse-me a senhora idosa.
– Sim. Se eu puder lhe ajudar…

– Você pode se despedir de mim dizendo “Adeus, mamãe, nos vemos depois” ? Assim dizia meu filho querido… ficarei muito feliz!
– Claro senhora, não há nenhum problema, disse eu para alegria da velhinha.
A velhinha passou a caixa registradora, se voltou sorrindo e, agitando sua mão, disse:

– ADEUS filho…
Cheio de amor e ternura, lhe respondi efusivamente:
– ADEUS mamãe, nos vemos depois?
– Sim… nos vemos depois, querido!

Contente e satisfeito com o pouco de alegria dado à velhinha, passei minhas compras.

– R$ 554,00, diz a moça do caixa.
– Tá louca? Dois sabonetes e duas pilhas?
– Mas as compras da sua mãe….. ela disse que você pagaria!!!!!

– VELHA FILHA ………!”

 
Deixe um comentário

Publicado por em 12/07/2011 em Sopa de Tudão

 

Tags: , , , , , , , ,

Borrachinha

Na fila do ônibus estavam uma senhora e todos seus 10 filhos.
Junto deles estava um senhor de meia idade, com uma das pernas de pau.
O ônibus chegou, a criançada entrou primeiro e ocupou todos os bancos vazios.
O senhor e a senhora entraram e ficaram de pé.

Na arrancada do ônibus o senhor da perna de pau, com visível dificuldade, desequilibrou-se para trás, e o barulho foi inconfundível:
TOC… TOC… TOC… TOC…
Quando o ônibus freou, a mesma coisa aconteceu, agora para frente:

TOC… TOC… TOC… TOC…
Na arrancada, novamente:
TOC… TOC… TOC… TOC…
E assim foi, por várias vezes.
Num determinado momento, já incomodada com o barulho e, ao mesmo tempo, tentando ser gentil, a mãe das 10 crianças disse ao perneta:

– Perdão, mas eu gostaria de fazer uma sugestão ao senhor… Por que
o senhor não coloca uma borrachinha na ponta do pau? Com certeza vai diminuir o barulho e incomodar menos a todos.
Imediatamente, o perneta respondeu:

– Agradeço a sugestão, mas se a senhora também tivesse colocado uma borrachinha
na ponta do pau, há alguns anos atrás, estaríamos todos sentados, numa boa!

 
Deixe um comentário

Publicado por em 17/06/2011 em Humor, Sopa de Tudão

 

Tags: , , , , , , , , , , ,

Ensinamentos de mãe

Minha mãe ensinou a VALORIZAR O SORRISO

“ME RESPONDE DE NOVO E EU TE ARREBENTO OS DENTES!”

Minha mãe me ensinou a RETIDÃO

“EU TE AJEITO NEM QUE SEJA NA PANCADA!”

Minha mãe me ensinou a DAR VALOR AO TRABALHO DOS OUTROS

“SE VOCÊ E SEU IRMÃO QUEREM SE MATAR, VÃO PRA FORA, ACABEI DE LIMPAR A CASA!”

Minha mãe me ensinou LÓGICA E HIERARQUIA

“PORQUE EU DIGO QUE É ASSIM! PONTO FINAL! QUEM É QUE MANDA AQUI?”

Minha mãe me ensinou o que é MOTIVAÇÃO

“CONTINUA CHORANDO QUE EU VOU TE DAR UMA RAZÃO DE VERDADE PRA VC CHORAR!”

Minha mãe me ensinou a CONTRADIÇÃO

” FECHA A BOCA E COME!”

Minha Mãe me ensinou sobre ANTECIPAÇÃO

“ESPERA SÓ ATÉ SEU PAI CHEGAR EM CASA!”

Minha Mãe me ensinou sobre PACIÊNCIA

“CALMA!… QUANDO CHEGARMOS EM CASA VOCÊ VAI VER SÓ…”

Minha Mãe me ensinou a ENFRENTAR OS DESAFIOS

“OLHE PARA MIM! ME RESPONDE QUANDO EU TE FIZER UMA PERGUNTA!”

Minha Mãe me ensinou sobre RACIOCÍNIO LÓGICO

“SE VOCÊ CAIR DESSA ÁRVORE VAI QUEBRAR O PESCOÇO E EU VOU TE DAR UMA SURRA!”

Minha Mãe me ensinou MEDICINA

“PÁRA DE FICAR VESGO MENINO! PODE BATER UM VENTO E VOCÊ VAI FICAR ASSIM PARA SEMPRE.”

Minha Mãe me ensinou sobre o REINO ANIMAL

“SE VOCÊ NÃO COMER ESSAS VERDURAS, OS BICHOS DA SUA BARRIGA VÃO COMER VOCÊ!”

Minha Mãe me ensinou sobre GENÉTICA

“VOCÊ É IGUALZINHO AO SEU PAI!”

Minha Mãe me ensinou sobre minhas RAÍZES….

“TÁ PENSANDO QUE NASCEU DE FAMÍLIA RICA É?”

Minha Mãe me ensinou sobre a SABEDORIA DE IDADE

“QUANDO VOCÊ TIVER A MINHA IDADE, VOCÊ VAI ENTENDER.”

Minha Mãe me ensinou sobre JUSTIÇA

“UM DIA VOCÊ TERÁ SEUS FILHOS, E EU ESPERO ELES FAÇAM PRÁ VOCÊ O MESMO QUE VOCÊ FAZ PRA MIM! AÍ VOCÊ VAI VER O QUE É BOM!”

Minha mãe me ensinou RELIGIÃO

“MELHOR REZAR PARA ESSA MANCHA SAIR DO TAPETE!”

Minha mãe me ensinou o BEIJO DE ESQUIMÓ….

“SE RABISCAR DE NOVO, EU ESFREGO SEU NARIZ NA PAREDE!”

Minha mãe me ensinou CONTORCIONISMO

“OLHA SÓ ESSA ORELHA! QUE NOJO!”

Minha mãe me ensinou DETERMINAÇÃO

“VAI FICAR AÍ SENTADO ATÉ COMER TODA COMIDA!”

Minha mãe me ensinou habilidades como VENTRÍLOGO….

“NÃO RESMUNGUE! CALA ESSA BOCA E ME DIZ POR QUE É QUE VOCÊ FEZ ISSO?”

Minha mãe me ensinou a SER OBJETIVO

“EU TE AJEITO NUMA PANCADA SÓ!”

Minha mãe me ensinou a ESCUTAR

“SE VOCÊ NÃO ABAIXAR O VOLUME, EU VOU AÍ E QUEBRO ESSE RÁDIO!”

Minha mãe me ensinou a TER GOSTO PELOS ESTUDOS

“SE EU FOR AÍ E VOCÊ NÃO TIVER TERMINADO ESSA LIÇÃO, VOCÊ JÁ SABE!…”

Minha mãe me ajudou na COORDENAÇÃO MOTORA

“JUNTA AGORA ESSES BRINQUEDOS!! PEGA UM POR UM!!”

Minha mãe me ensinou os NÚMEROS

“VOU CONTAR ATÉ DEZ. SE ESSE VASO NÃO APARECER VOCÊ LEVA UMA SURRA!”

Brigadão Mãe !!!

 
Deixe um comentário

Publicado por em 30/04/2010 em Sopa de Tudão

 

Tags:

 
%d blogueiros gostam disto: