RSS

Arquivo da tag: Paraíso

As Flávias e a Gestão de Resultados

Eis um assunto muito em voga atualmente em Administração. Trata-se de Gestão por Resultados. Para quem ainda não conhece, vou dar aqui um exemplo prático. Bem didático e muito fácil:

Em uma cidade do interior, viviam duas mulheres que tinham o mesmo nome: Flávia.

Uma era freira e a outra taxista. Quis o destino, que morressem no mesmo dia. Quando chegaram ao céu, São Pedro esperava-as. -O teu nome? – Flávia – A freira? – Não, a taxista. São Pedro consulta as suas notas e diz:

– Bem, ganhastes o paraíso. Leva esta túnica com “fios de ouro”. Pode entrar. A seguir… – O teu nome? – Flávia – A freira? – Sim, eu mesma. – Bem, ganhastes o paraíso. Leva esta túnica de “linho”. Pode entrar.

A religiosa diz: – Desculpe, mas deve haver algum engano. Eu sou Flávia, a freira! – Sim, minha filha, e ganhastes o paraíso. Leva esta túnica de linho… – Não pode ser! Eu conheço a outra, Senhor. Era taxista, vivia na minha cidade e era um desastre! Subia as calçadas, batia com o carro todos os dias, conduzia pessimamente e assustava as pessoas. Nunca mudou, apesar das multas e repreensões policiais. E quanto a mim, passei 65 anos pregando todos os domingos na paróquia… Como é que ela recebe a túnica com fios de ouro e eu esta?

– Não há nenhum engano – diz São Pedro. É que, aqui no céu, adotamos uma gestão mais profissional do que a de vocês lá na Terra… – Não entendo! – disse a Freira. – Eu explico: Já ouviu falar de GESTÃO DE RESULTADOS? Agora nos orientamos por objetivos, e observamos que nos últimos anos, cada vez que tu pregavas, as pessoas dormiam. E cada vez que ela conduzia o táxi, as pessoas rezavam.

Resultado é o que importa!

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 05/12/2011 em Humor, Sopa de Tudão

 

Tags: , , , , , ,

Adão e Eva no Paraíso

Um alemão, um francês, um inglês e um brasileiro apreciam o quadro de Adão e Eva no Paraíso

O alemão comenta:
– Olhem que perfeição de corpos:
Ela, esbelta e espigada;
Ele, com este corpo atlético, os músculos perfilados.

Devem ser alemães.
Imediatamente, o francês contesta :
– Não acredito. É evidente o erotismo que se desprende das figuras:
Ela, tão feminina,
Ele, tão masculino,
Sabem que em breve chegará a tentação. Devem ser franceses.

Movendo negativamente a cabeça o inglês comenta :
– Que nada! Notem a serenidade dos seus rostos, a delicadeza da pose, a sobriedade do gesto.
Só podem ser ingleses.
Depois de alguns segundos mais, de contemplação silenciosa, o brasileiro declara :

– Não concordo. Olhem bem:
Não têm roupa, não têm sapatos, não têm casa, estão na merda, Só têm uma única maçã para comer.
Mas não protestam , só pensam em sexo, e pior, acreditam que estão no Paraíso .
Só podem ser brasileiros!

 
Deixe um comentário

Publicado por em 29/06/2011 em Humor, Sopa de Tudão

 

Tags: , ,

 
%d blogueiros gostam disto: